quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Os sons da nossa São Paulo

Recente pesquisa da São Paulo Transporte (SP-Trans) mostra uma realidade preocupante no que se refere ao barulho produzido pelo ônibus paulistas. Na capital, cresceu cinco vezes o número de ônibus reprovados pelo excesso de ruídos, e devido a este problema, foram lacrados em 2011, de janeiro a setembro, 941 coletivos - 6% da frota. Mas, mesmo com a fiscalização, usuários e moradores dos locais de rota ainda se queixam do barulho excessivo.

Essa pode parecer uma preocupação menos importante frente a tantas outras bandeiras que venho defendendo, mas não é. Um dos veículos interditados neste ano gerava um ronco externo de 110 decibéis. Especialistas dizem que a exposição por mais de oito minutos a sons nesse nível pode levar a lesões auditivas. O pior é que ouvir este barulho de perto é como ficar em frente a uma caixa de som num show de rock. O limite permitido por aqui é de 92 decibéis para ônibus com motor na frente, e 98 nos que o possuem atrás.

Os níveis de som dentro do coletivo, para evitar danos, inclusive ao motorista e aos usuários, deveria ser de, no máximo, 84,9 decibéis. Mas o limite recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para evitar danos no sistema auditivo é ainda menor, não ultrapassando 50 decibéis, ou seja, nossos índices não têm sido nada saudáveis. Os ruídos, mesmo breves, causam mais que uma simples irritação, podendo ocasionar até mesmo danos irreversíveis.

A questão passa a ser ainda mais complexa se pensarmos que além dos danos à saúde, o barulho em excesso também pode atrapalhar quem se guia pela audição, tornando o ato de ouvir uma missão impossível. O problema é muito grave, mas, na verdade, o barulho dos coletivos soma-se a tantos outros que nossa cidade já possui. Hoje, é quase impossível ouvir algo além de buzinas e outros sons altos e mecânicos.

Neste ano, o canadense R. Murray Schafer, considerado o pai da ecologia sonora, teoria que analisa como interpretamos e somos afetados pelos sons naturais e artificiais que nos rodeiam, esteve no Brasil e participou de três eventos promovidos pelo Instituto de Artes, na USP. O compositor, educador e escritor propôs uma caminhada sonora de um minuto pelo campus de São Paulo e observou que a grande maioria dos sons era mecânica. Segundo ele, foi possível perceber a sonoridade do vento por apenas um segundo.

A constatação de Schafer não nos parece tão estranha, pois convivemos diariamente com isso, mas o educador tirou suas conclusões em um dos locais mais silenciosos de São Paulo. A Cidade Universitária é uma das regiões mais calmas de nossa capital, frequentada, inclusive, por amantes dos esportes ou pessoas que querem um local mais silencioso, onde possam ler, caminhar e até mesmo meditar. Se um local como esse possui índices que incomodam, imagine os locais de grande movimento.

É fundamental que as pessoas comecem a pensar que os ambientes seriam melhores se tivessem menos ruídos. Pode até parecer uma "viagem", mas o educador mostrou o quanto é importante viver em uma cidade saudável inclusive para os nossos ouvidos. Só percebendo o quanto os ruídos têm sido exagerados é que poderemos pensar em mudanças para melhorar a acústica de onde vivemos.

Além de problemas de audição irreversíveis, a poluição sonora pode desencadear problemas cardiovasculares, estresse, alterações no sono ou níveis de irritação difíceis de conviver. Também pode ocorrer o que os especialistas chamam de presbiacusia, que é a perda gradual auditiva devido à degeneração progressiva do ouvido interno.

É preciso pensar em novas maneiras para melhorar o ambiente sonoro. Os EUA e alguns países europeus têm implantado soluções antirruído que visam melhorar a qualidade de vida das pessoas, e uma coisa que eles levam muito a sério é o barulho do escapamento. As autoridades desses países vêm buscando modos de isolamento acústico, principalmente nos coletivos.

Os motores e escapamentos desregulados são a principal causa para o excesso de barulho nos coletivos, talvez uma boa iniciativa fosse aplicar silenciadores aos escapamentos. Tenho absoluta certeza de que esta ação já tornaria o transporte público algo melhor. Então, talvez, seja possível colocar em prática o que o educador canadense disse: "Abra seus ouvidos, escute e sinta o mundo ao seu redor".

*Gilmaci Santos é deputado estadual pelo PRB e presidente estadual do partido.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

SP recebe recursos indicados por deputado do PRB

A Secretaria Estadual de Planejamento de São Paulo informou que cinco emendas parlamentares de autoria do deputado estadual Sebastião Santos (PRB) estão liberadas a municípios do interior paulista indicados por ele. A assinatura dos convênios com os prefeitos deve acontecer no próximo dia 13, no Palácio dos Bandeirantes, pelo governador Geraldo Alckmin.

As cidades de Cardoso, Cedral, Ibirá, Pindorama e Santa Albertina receberão R$ 150 mil cada uma para obras de recapeamento asfáltico e infraestrutura. Uma sexta emenda, no valor de R$ 800 mil, indicada para pavimentação de um loteamento recentemente regularizado em Rio Preto, aguarda documentação da prefeitura para que o convênio possa enfim ser assinado. Sebastião espera que isso aconteça antes do fim do ano.

O deputado do PRB visitou mais de 80 municípios nesses primeiros nove meses de mandato para conhecer as necessidades e reivindicações de cada um. Em Pindorama, por exemplo, a prefeita Maria Inês Miyada solicitou recursos para recapear uma das entradas da cidade, que tem grande fluxo de veículos, mas está completamente destruída.

"Tive a preocupação de ir até os municípios estreitar relacionamento com os prefeitos e conhecer as necessidades individuais. Só assim faremos com que os recursos estaduais sejam destinados de maneira mais eficiente", explica o deputado Sebastião, que já apresentou ao Orçamento de 2012 mais de 90 emendas para beneficiar dezenas de municípios.

O parlamentar possui bom relacionamento político com o governador Geraldo Alckmin e tem acompanhado suas visitas pelo interior. Por conta dessa postura republicana e estadista, Sebastião conseguiu, ao lado do prefeito de Bálsamo, José Pantano, liberação para a construção de 60 casas populares por meio da Secretaria Estadual de Habitação. "Nosso trabalho está só começando", finaliza.

Texto e foto: Diego Polachini

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Palestra em Universidade

O vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (PRB), de Piracicaba, interior de São Paulo, esteve na noite de sexta-feira (25/11) participando de uma apresentação de trabalhos da turma do sexto semestre de Publicidade e Propaganda, na matéria “Agencia Experimental” ministrada pelo professor Marcelo Bandeira, da faculdade Anhanguera de Piracicaba.

Na oportunidade, o parlamentar republicano acompanhou a apresentação de um trabalho sobre pedofilia realizado por alunos da instituição de ensino superior. Estiveram participando deste evento, no anfiteatro da faculdade, cerca de 50 alunos.

Após a apresentação dos alunos, o vereador ministrou uma palestra explicando aos presentes sobre a necessidade de se denunciar os pedófilos.

“Para tentar identificar uma criança ou adolescente que está sendo abusado o seu comportamento pode incluir problemas com o sono ou pesadelos, depressão ou isolamento de seus amigos e da família, agressividade excessiva ou mesmo comportamento suicida”, explicou o vereador.

Algumas vezes, entretanto, crianças ou adolescentes portadores de transtorno de conduta severo fantasiam e criam falsas informações em relação ao abuso sexual.

Paulo Henrique distribuiu pulseiras e adesivos da Campanha contra a Pedofilia e sorteou três camisetas que fazem alusão ao trabalho.

“É importante que os jovens das faculdades saibam como identificar uma criança abusada, quais os sintomas e a necessidade de se denunciar os pedófilos”, finalizou.

Assessoria do vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (PRB Piracicaba)

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Alienação parental afeta filhos de pais separados

A alienação parental é um termo utilizado para denominar a atitude de um dos pais separados que usam os filhos como instrumento para atingir e punir o outro, que acredita ser responsável pela separação. Para os especialistas esse é um dos processos mais nocivos que uma criança pode sofrer em seu desenvolvimento psíquico e afetivo.

Em 2009, o deputado Gilmaci Santos, líder do PRB, encaminhou a Moção 94/2009. A propositura apelava ao presidente da Câmara dos Deputados e aos líderes partidários que empreendessem esforços para a aprovação do Projeto de Lei 4.053/2008 sobre a alienação parental. No ano seguinte o PL se transformou na Lei 12.318, que dispõe sobre o tema e possui 11 artigos.

A propositura define alienante aquele que realiza campanha de desqualificação da conduta do genitor no exercício da paternidade ou maternidade. Para o parlamentar, mesmo com o PL é importante tratar com muito critério as alegações de alienação parental. "O problema afeta a vida da criança a curto e longo prazo, já que é imprescindível para o filho o contato com ambos os genitores".

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Russomanno é apresentado a jovens republicanos

Na noite de quinta-feira (24), jovens republicanos da capital paulista lotaram o auditório da Universidade Uni Sant’Anna, na Zona Norte. O encontro teve como objetivo apresentar o pré-candidato a prefeito de São Paulo, o ex-deputado federal Celso Russomanno (PRB-SP).

Marcos Pereira, presidente nacional do partido, acompanhou o debate, além do deputado Gilmaci Santos e do presidente estadual do PRB Jovem, Jean Madeira, entre outros integrantes do partido. A equipe republicana conheceu a embaixada da Força Jovem Brasil na Universidade, trabalho realizado por Jean Madeira. Leonardo Placucci Filho, pró-reitor da instituição, também esteve presente.

Russomanno iniciou contando um pouco de sua trajetória profissional como jornalista e de como ingressou na política. “Um belo dia, minha mulher, uma mulher superativa, adquiriu uma infecção; levei-a ao hospital e mesmo mostrando um quadro de infecção, o médico a liberou”.

Emocionado, o pré-candidato contou que foi a um segundo hospital, mas por causa da negligência médica, sua esposa foi a óbito em cinco horas. “Pensei: ‘Puxa vida! Estou aqui no hospital e ninguém me dá satisfação do que está ocorrendo.’”

Na época, ele, que fazia um programa de entrevistas, usou sua filmadora para mostrar que não havia médicos no local. “Depois daquele dia, passei a fazer um programa voltado a denúncias e resolvi ser político para fazer alguma coisa a mais”, disse.

Diversos assuntos foram comentados durante o encontro, Russomanno explicou sobre a importância da acessibilidade nas cidades. “Acessibilidade é a condição que damos a qualquer pessoa, inclusive àquelas com algum tipo de deficiência de locomoção”, disse.

Os jovens presentes fizeram perguntas sobre diversos temas, de esportes a educação. Sobre a segurança pública, ele afirmou que trabalhará para que “a guarda civil de São Paulo seja a melhor do País”.

Já sobre a educação, o pré-candidato explicou o que é a progressão continuada e como ela vem sendo negativa na formação escolar.

“Isso foi feito para mostrar que há um grande índice de crianças nas escolas, mas se essas pessoas saberão alguma coisa quando saírem da escola isso não importa?”, criticou.

Em vigor há mais de uma década no Estado, a progressão continuada vem sendo criticada por pais, alunos e professores. Celso disse que pretende modificar o sistema. “Nós vamos acabar com a progressão continuada e fazer com que a escola pública de São Paulo seja competitiva até mesmo com as particulares”, disse.

Juventude republicana

O presidente da militância jovem estadual do PRB, Jean Madeira, foi quem abriu o debate, comentando sobre a força da juventude brasileira. “Ser jovem é nunca deixar de sonhar, mas ser líder é transformar sonhos em realidade, e é por isso que hoje estamos aqui”, disse.

Logo em seguida, interagindo com a plateia, o presidente nacional explicou o motivo do encontro e perguntou aos presentes quem conhecia Celso Russomanno. Após a grande maioria levantar as mãos, Marcos Pereira contou um pouco da história da fundação do PRB, “um partido comprometido com as coisas públicas”, disse.

Pereira também explicou sobre qual tipo de militante o partido procura. “Nós, do PRB, não estamos preocupados com quantidade de gestores públicos, mas com a qualidade deles; temos viajado o Brasil inteiro para identificar pessoas de bem, comprometidas com o nosso programa partidário”.

Marcos Pereira adiantou o que será o PRB daqui a alguns anos. “O partido não nasceu para ser coadjuvante da política brasileira, mas para ser protagonista, isso demanda um tempo, porque ninguém começa grande, mas para que isso ocorra nós precisamos do apoio de vocês”, finalizou.

O deputado Gilmaci Santos, que também é presidente estadual do PRB, lembrou-se da força dos jovens e da importância da atuação politica. “Se nós queremos mudar a realidade atual, não adianta reclamar, temos que participar, e serão vocês os nossos futuros governantes.”

Alienação parental afeta filhos de pais separados

A alienação parental é um termo utilizado para denominar a atitude de um dos pais separados que usam os filhos como instrumento para atingir e punir o outro, que acredita ser responsável pela separação. Para os especialistas esse é um dos processos mais nocivos que uma criança pode sofrer em seu desenvolvimento psíquico e afetivo.

Em 2009, o deputado Gilmaci Santos, líder do PRB, encaminhou a Moção 94/2009. A propositura apelava ao presidente da Câmara dos Deputados e aos líderes partidários que empreendessem esforços para a aprovação do Projeto de Lei 4.053/2008 sobre a alienação parental. No ano seguinte o PL se transformou na Lei 12.318, que dispõe sobre o tema e possui 11 artigos.

A propositura define alienante aquele que realiza campanha de desqualificação da conduta do genitor no exercício da paternidade ou maternidade. Para o parlamentar, mesmo com o PL é importante tratar com muito critério as alegações de alienação parental. "O problema afeta a vida da criança a curto e longo prazo, já que é imprescindível para o filho o contato com ambos os genitores".

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Construção de 70 casas populares

O deputado estadual Sebastião Santos (PRB) se comprometeu com o prefeito de Bálsamo, José Pântano, a intermediar junto ao governo do Estado a construção de 70 casas populares na cidade por meio de programas da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). O anúncio foi feito no domingo, 20/11, durante a 7ª Festa das Nações realizada desde sexta-feira na praça central, em comemoração aos 91 anos do município

Pântano diz que a prefeitura dispõe de uma área de 24 mil metros quadrados e que deve ser ocupada com moradias para pessoas de baixa renda. O prefeito pediu apoio do deputado na demanda. "Temos acompanhado o trabalho de Sebastião e percebemos o interesse em ajudar nossa região", disse.

Para tanto, o parlamentar vai agendar uma reunião com o secretário de Estado da Habitação, Sílvio Torres, juntamente com Pântano, para formalizar o pedido. "O Estado dispõe de vários programas de fomento da construção popular, como o recém-lançado Casa Paulista, e que podem ajudar na construção dessas moradias", disse Sebastião.

Assessoria do deputado estadual Sebastião Santos

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

PRB traça metas para pré-candidatura de Russomanno

SÃO PAULO (SP) - Na manhã da sexta-feira, 18/11, representantes das executivas nacional, estadual e municipal do PRB se reuniram para discutir os próximos passos para a pré-candidatura do republicano Celso Russomanno a prefeito de São Paulo. Durante o encontro, foram estabelecidas metas e tarefas para cada representante das militâncias, como o “PRB Mulher” e o “PRB Jovem”.

Marcos Pereira, presidente nacional do partido, citou as principais necessidades da população da capital paulista. “Educação, transporte, segurança e saúde; esse é o nosso foco e vamos explorar esses assuntos”, disse. Pereira também lembrou que estes são temas de grande complexidade, mas que precisam ser resolvidos. “É difícil tratar destes assuntos em uma cidade tão grande como São Paulo, mas são desafios que podem ser superados”, finalizou.

Também estiveram presentes, os deputados estaduais Gilmaci Santos e Sebastião Santos, o vereador Atílio Francisco, além do deputado federal Antonio Bulhões. Celso Russomanno explicou como será a atuação do PRB em sua pré-candidatura. “Nós estamos trabalhando em um plano de governo maravilhoso para a cidade de São Paulo, abordando todas essas questões e tantas outras, como cultura e esportes, e vamos apresentar isso antes da campanha do próximo ano”, explicou.

Dentre alguns assuntos, o pré-candidato citou um dos maiores problemas que a capital paulista vem enfrentando. “É preciso investir em transporte coletivo, já que eles são geralmente utilizados por quem realmente não tem condições de ter seu próprio veículo; por isso existe todo esse caos no trânsito”.

Já para o deputado Gilmaci Santos, que também é presidente estadual do partido, é fundamental formar uma boa equipe para alcançar cada um desses objetivos. “Precisamos colocar em prática o que sempre o Jean Madeira, presidente estadual do PRB Jovem disse: sozinho eu chego mais rápido, mas juntos vamos mais longe”.

Por Amanda Fischer

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Palavra do Presidente

As vitórias do Brasil no Pan

Gilmaci Santos*

O Brasil mostrou sua capacidade esportiva nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México. O país ganhou 141 medalhas, sendo 48 de ouro, 35 de prata e 58 de bronze. Nós ficamos atrás apenas dos EUA (236) e de Cuba (136) em números de medalhas de ouro. Mas colocamo-nos à frente de México (135) e Canadá (119). Os jogos deste ano aconteceram entre os dias 13 e 30 de outubro, contando com a participação de 42 países.

O Pan-americano vem sofrendo, já há algum tempo, com o estigma de competição menor em um universo de eventos poliesportivos. Isso se deve à ausência visível das estrelas que estariam representando as principais potências nas modalidades. O Brasil, no entanto, assim como outros países, costuma enviar alguns de seus melhores nomes.

Novas normas, no entanto, poderão mudar um pouco essa perspectiva de competição pouco importante, já que quase metade dos esportes olímpicos programados é classificatória, ou contará pontos que poderão, eventualmente, conquistar vaga nas Olimpíadas de Londres, em 2012. A boa pontuação brasileira com certeza nos renderá vagas no próximo evento esportivo.

Outra mudança que promete trazer destaque ao Brasil nas competições que virão é a promessa de investimentos pesados por parte do governo, de forma a melhorar o rendimento, especialmente pelo fato de que, em 2016, o país será sede dos jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro. Para isso o governo federal triplicou a verba destinada aos atletas de alto rendimento " em 2010 foram gastos cerca de R$ 68 milhões, mas em 2011 o valor superará os R$ 210 milhões. O dinheiro será destinado às confederações e aos clubes formadores de atletas.

O desempenho dos atletas tem mostrado o índice de superação do país. A Seleção Brasileira feminina de vôlei venceu Cuba, em vitória suada, por 3 sets a 2. O resultado foi histórico, já que o Brasil não conquistava o torneio de vôlei feminino no Pan desde Winnipeg-1999. Na natação, Cesar Cielo teve 100% de aproveitamento, com quatro títulos em quatro provas, e Thiago Pereira entrou para a história ao conquistar a 12ª medalha de ouro. Foram tantos os destaques e superações neste Pan, que é difícil citar todos.

O desempenho desses profissionais tem inspirado os que estão começando a ingressar em alguma modalidade. Nossos esportistas vêm mostrando que é possível, sim, alcançar o patamar dos países de primeiro mundo. O Brasil será, em pouco tempo, não apenas uma superpotência econômica, mas também esportiva. O esporte é um ótimo caminho: além de fazer bem ao corpo e à alma, é uma maneira efetiva de envolver a juventude em atividades produtivas, afastando-a da criminalidade e da violência.

A transmissão desta edição do Pan também se mostrou uma feliz surpresa aos brasileiros. A exclusividade da Record é a grande aposta para 2011, maior até que "A Fazenda", reality show da emissora. Para isso, foram realizados investimentos em tecnologia e equipamentos, além da contratação de profissionais qualificados. Creio que essa também foi uma grande vitória para o país, que por décadas sofria com o monopólio de informações.

Somente o tempo dirá se a aposta dará certo, mas, enquanto isso, a comunicação brasileira ganha com investimentos mais altos em coberturas esportivas, além da abertura de novas vagas e da movimentação de profissionais entre emissoras, algo nunca antes visto. A disputa entre empresas de comunicação, assim como em outras áreas, está fervendo. É algo positivo para a economia, para o próprio meio e, principalmente, para a população, que não ficará engessada a apenas um ponto-de-vista.

O Brasil realmente obteve muitas vitórias neste campeonato, e creio que outras, maiores, estão por vir. Parabéns à Record pelas belas imagens exibidas nos últimos dias, e a todos os nossos atletas, que deram um show neste Pan.

*Gilmaci Santos é deputado estadual pelo PRB e presidente estadual do partido.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Deputado apresenta mais de 80 emendas ao orçamento de São Paulo

Mais de 80 emendas à Lei Orçamentária de 2012, do Estado de São Paulo, foram apresentadas pelo deputado estadual Sebastião Santos (PRB). Na maioria dos casos são pedidos de municípios que precisam de obras de infraestrutura, como recapeamento e implantação de rede de esgoto, repasses para hospitais e compra de ambulâncias.

O parlamentar republicano esteve reunido com prefeitos e vereadores da maior parte dessas cidades nos primeiros oito meses de mandato. Sebastião Santos recebeu ofícios com os respectivos pedidos e os anexou às suas emendas. "Como deputado, tenho recebido as demandas e indicado ao orçamento. Agora cabe ao Poder Executivo o atendimento e a execução", disse.

O empenho maior está na busca por recursos para a realização da infraestrutura em 12 loteamentos localizados na cidade de São José do Rio Preto que receberam, recentemente, do governo estadual, as Declarações de Conformidade Urbanística e Ambiental (DCUAs), e que já estão em fase de regularização. Sebastião destaca que já conseguiu liberar R$ 800 mil para a pavimentação e construção de galerias no Jardim Juliana, região norte de Rio Preto. "Tenho feito gestão no governo paulista para que esses problemas que se arrastam há décadas sejam finalmente resolvidos. As pessoas precisam do mínimo de infraestrutura para viver bem, e é nisso que estou empenhado", declara o parlamentar. "Vou trabalhar para que esses pedidos sejam atendidos pelo governador Geraldo Alckmin".

A Lei Orçamentária de 2012 de São Paulo prevê receita total de R$ 156,5 bilhões, incluindo recursos próprios das autarquias, fundações e empresas dependentes. Do total arrecadado pelo Estado, R$ 122,2 bilhões são provenientes de receita tributária.

Assessoria do deputado Sebastião Santos

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Os interesses dos trabalhadores

Como eu disse na última mensagem da semana passada, o PRB nunca votou contra os trabalhadores brasileiros no Congresso Nacional (Senado e Câmara dos Deputados) e isso é a mais absoluta verdade.

Agora, na última quarta feira (26), houve mais uma aprovação de um projeto de lei apresentado pelo senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) que, sem dúvida alguma, é um senador nota 10.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal aprovou um projeto de lei que garante aos motoboys um adicional de periculosidade. O projeto beneficia ainda outros serviços como o de mototáxi, motofrete e serviços comunitários de rua. Como já dissemos, a proposta é de autoria do senador Marcelo Crivella e altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) para incluir estas atividades como as consideradas perigosas. Esperamos que o mesmo seja aprovado em definitivo e consequentemente sancionado pela Presidência da República.

Assim é o PRB, trabalhando com você.

Marcos Pereira,
Presidente Nacional

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Fim da miséria é responsabilidade republicana, diz presidenta

Em entrevista coletiva em Porto Alegre, a presidenta Dilma Rousseff defendeu a cooperação entre o governo federal e os estados para acabar com a miséria no Brasil. Na capital do Rio Grande do Sul, onde pactuou com os governadores da região Sul o plano Brasil sem Miséria, a presidenta afirmou que a erradicação da pobreza extrema é uma responsabilidade republicana.

“O Brasil deu um passo na sua democracia ao ser capaz de alinhar interesses da sua população entre partidos de diferentes origens.” Segundo Dilma Rousseff, mais que uma obrigação moral e ética, a erradicação da miséria é condição para o desenvolvimento econômico do país.

“Nós mudamos de status internacional quando elevamos para classe média 40 milhões de pessoas. Agora, nós temos mais 16 milhões na situação de pobreza extrema. É uma obrigação moral e ética, mas não é só isso. É também uma questão de desenvolvimento econômico e social”, disse a presidenta.

Blog do Planalto

terça-feira, 25 de outubro de 2011

PRB Cotia

O PRB Cotia agora tem uma nova filiada, Lucia Torrezani, ex-vice-prefeita da cidade. A filiação aconteceu neste mês no gabinete do presidente municipal do PRB, vereador Alcides Esquisito.

Lucia é pré-candidata a vereadora de Cotia em 2012.

PRB Mulher se reúne em Arujá

Mulheres de inúmeros segmentos se reuniram na Câmara Municipal de Arujá, em São Paulo, para acompanhar a cerimônia de posse da militância do PRB Mulher da região. Mhel Lancerotti, presidente estadual PRB Mulher, mostrou ser fundamental a participação das mulheres nas decisões políticas.

Também esteve presente o atual presidente do PRB na cidade, vereador Márcio de Oliveira, além de Renato Gomez e Luciana Monteiro. Para Márcio, as mulheres possuem uma sensibilidade que é extremamente importante para a realização de diversos trabalhos.

"Devemos trabalhar lado a lado. A mulher com todo o seu lado humano, afetuoso, compassivo e o homem com toda a sua garra, intrepidez e determinação.", destacou o vereador.

As mulheres presentes foram homenageadas com flores dadas pelo dirigente republicano municipal, que também ressaltou a importância da mulher na sociedade, na família, no trabalho e na política.


Componentes do PRB Mulher de Arujá:

Presidente - Luciana Monteiro Santos Gomez
Vice-Presidente - Silvana Andrade Castellano
2ª Vice - Presidente - Lucia da Silva Rodrigues
Secretária-Geral - Araceli de Almeida da Silva
2ª Secretária - Janaina Ferreira Dias
1ª Tesoureira - Bruna de Lima Guimarães de Almeida
2ª Tesoureira - Danielle Alves Souza
Diretora e Coordenadora de Comunicação Social - Ana Paula da Silva Almeida
Diretora e Coordenadora de Eventos - Ana Lúcia Paz da Silva
Diretora e Coordenadora de Educação e Cidadania - Nucia Aparecida da Silva
Diretora e Coordenadora de Articulação Política - Sanai Watanabe de Oliveira,
Ouvidora - Marcilene Silva de Sá
Membros do Conselho - Filomena Maria, Alexandre da Silva e Vanderlice Laurência de Almeida.

Ascom Arujá

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Lançada Frente Parlamentar de Combate à Pedofilia

Foi lançada na Câmara Municipal de Piracicaba, interior de São Paulo, a Frente Parlamentar de Combate à Pedofilia. Proposta pelo deputado estadual Sebastião Santos (PRB), na Assembleia Legislativa, a iniciativa tem o objetivo de defender a criança e o adolescente por meio de projetos que inibam a ação de pedófilos, além de incentivar a denúncia.

A mesa oficial foi composta pelos vereadores de Piracicaba Paulo Henrique Ribeiro e André Gustavo Bandeira; secretário municipal de Educação, Gabriel Ferrato dos Santos; secretária municipal de Desenvolvimento Social, Maria Angélica Guércio; vereadora de Itu, Nair Langue; juiz da Vara da Infância e Juventude de São Paulo, Dr. Paulo Fadigas; assistente social do CRAMI, Andréia Stabelin; comandante da Guarda Civil, capitão Silas Romualdo.

Sebastião abriu o evento com a leitura e aprovação do regimento interno da frente parlamentar e o apontamento do deputado Isac Reis (PT) como vice-coordenador. A escolha de Piracicaba para lançar a frente deu-se devido o forte trabalho desenvolvido pelo vereador Paulo Henrique, do PRB.

Paulo Henrique acredita que a frente parlamentar poderá estender essa luta por São Paulo. “As crianças terão o que comemorar amanhã. Está se formando uma rede de proteção bastante ampla no Estado que começa hoje em Piracicaba”, disse o vereador.

Para Andréia Aparecida Stabelin, assistente social do CRAMI local, a prefeitura tem investido em campanhas de prevenção, mas reconhece que precisa ser ampliada. “Há um conjunto de iniciativas que têm convergido na luta contra a pedofilia, no entanto precisamos de apoio externo”.

Ações de prevenção e repressão de crimes desta natureza também estão acontecendo no Judiciário. Segundo relato do juiz da Infância e Juventude de São Paulo, Dr. Paulo Fadigas, que também atua na rede de proteção à criança e ao adolescente ameaçado de morte, “o Judiciário tem estabelecido metas políticas de combate à pedofilia de norte a sul do Estado, de Rosana a Bananal”.

O deputado Sebastião lembrou-se da ‘Semana de Combate à Pedofilia’, realizada anualmente em São José do Rio Preto, e disse que pretende desenvolver estudos e elaborar pesquisas para obter dados dos casos de pedofilia por todo o Estado de São Paulo. “Precisamos ter noção de onde estão concentrados os focos de atuação dos pedófilos”, argumenta.

Após a manifestação dos membros da mesa, a palavra foi aberta aos participantes para que pudessem dar sugestões ao grupo de trabalho, contar experiências e questionar os profissionais que atuam no setor. Estiveram presentes representantes de várias cidades no entorno de Piracicaba, além de alunos da sétima série da escola estadual Hélio Penteado de Castro.

Assessoria do deputado Sebastião Santos

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Militância

Fui ao dicionário para ver o significado da palavra militância e encontrei o seguinte: atividade de militante, atuação, desempenho. Já militante é o que ou aquele que milita, que combate ou ainda o que ou aquele que defende ativamente uma causa. É ainda o que ou aquele que exerce efetivamente uma atividade.

No PRB, o partido que é 10, nós temos algumas militâncias: PRB Mulher, PRB Jovem, PRB Afro, PRB Trabalhador, entre outras, entretanto, a maioria das militâncias está estagnada, inoperante e sem movimentação, com exceção do PRB Mulher e PRB Jovem, que são as duas militâncias mais ativas do nosso partido.

Diante dessa estagnação, venho por meio da mensagem desta semana conclamar todos os filiados a analisar o quadro de militâncias no nosso portal, que está localizado abaixo da seção de imprensa, e ver com qual das militâncias ali descritas você se identifica.

Por exemplo: se você é da raça negra e gostaria de participar de políticas públicas que discutirão temas relacionados a esta parcela da sociedade; ou se você é esportista e gostaria de discutir políticas públicas voltadas para o esporte, ou qualquer outra militância ali relacionada, procure os representantes do PRB no seu município e dialogue com eles, colocando-se à disposição para iniciar um trabalho relacionado ao tema que você gosta e com o qual se identifica.

O que não podemos aceitar é termos militâncias apenas no papel, por isso eu venho solicitar a todos os que estão comprometidos com o PRB que se apresentem para juntos trabalharmos por um Brasil melhor.

Marcos Pereira
Presidente Nacional,

Twitter: @marcospereirar7
Facebook: http://www.facebook.com/marcospereirar7
Blog: http://noticias.r7.com/blogs/marcos-pereira

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Construção de nova área de lazer

O vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (PRB-Piracicaba) está verificando com a Prefeitura a possibilidade de uma área de lazer ser construída no bairro Tupi, em Piracicaba, interior de São Paulo. A sondagem consta no requerimento 481/2011, aprovado em reunião ordinária na noite de 10 de outubro.

No documento, Paulo Henrique indaga quando a obra poderia começar. "A implantação de uma área verde propicia espaço de lazer, inclusive para idosos, principalmente aos que não possuem condições financeiras de frequentar um clube", diz o vereador, citando a importância do espaço para a melhora na qualidade de vida da população.

Câmara Municipal de Piracicaba

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Precisamos encontrar um novo José Alencar

Existem pessoas que nunca deixarão de ser lembradas e mesmo após a sua morte, são recordadas com carinho, emoção e respeito. Zé Alencar é um desses homens; ele não escreveu grandes obras como o xará José de Alencar, não compôs as mais tocantes melodias como Wolfgang Amadeus Mozart, mas seu exemplo ficará para a história, por um simples motivo: seu histórico ilibado dentro de uma política quase que em descrédito trouxe esperança aos já desesperançados.

José Alencar mostrou que é possível atuar politicamente pensando no próximo, mesmo em meio às lutas diárias que este homem enfrentou ao combater a mesma doença por anos, e ao morrer ele não foi vencido, mas entrou para a história.

Já utilizei este e tantos outros espaços para homenagear esse homem e espero sempre fazê-lo, faço isso para que a nova geração possa se espelhar em exemplos como este. Nos últimos dias, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que sempre teceu elogios públicos ao saudoso amigo Alencar, defendeu seu desejo de que o PT "inovasse" na escolha do candidato à prefeitura de São Paulo, afirmou que o partido precisa se empenhar também na formação de alianças políticas. "Nós precisamos encontrar o nosso José Alencar da capital", afirmou Lula. Para o ex-presidente é importante apresentar novos nomes, porque, segundo ele, o PT tem 30% de votos em São Paulo seja quem for o candidato.

Muitos líderes vêm tentando encontrar nomes de destaque como foi o de Alencar. Em setembro, o PRB em São Paulo lançou, oficialmente, a pré-candidatura de Celso Russomanno a prefeito da capital.

Esperamos que sua atuação seja frutífera. Estamos inovando e creio que os outros partidos também devam fazê-lo, é importante lançar novos nomes, dando à população os representantes que ela realmente precisa e quer. A política Brasileira precisa mudar, a nova geração necessita compreendê-la e militar nela.

Realmente, precisamos inovar, e utilizar o nome de Zé é algo emblemático. Ele chegou a ser denominado por Lula como "o parceiro ideal", e quem não gostaria de ter a pessoa ideal ao seu lado na política? Nós, da família PRB, aprendemos muito com este homem, tanto que em vida, Alencar era presidente de honra de nossa legenda. Sua morte nos deixou um tanto órfãos; hoje buscamos um nome tão respeitado quanto o seu, mas mesmo que o encontremos sabemos que este José é realmente insubstituível.

O Brasil precisa de pessoas que, como ele, respeite os seus ideais. Não podemos culpar a população pela total falta de interesse pela política, poucos acreditam em um futuro promissor. Mas não devemos esquecer que é apenas por meio da política que poderemos mudar esta situação ainda caótica em que vivemos.

Na verdade, a política é uma ciência que deve ser praticada e conhecida, e que se refere a polis, ou seja, a vida em comum. A ideia política começou a ser traçada ainda por gregos e romanos mais de três séculos a.C; naquele período já existia a maneira de exprimir a vontade coletiva em assembleias. O filósofo grego Aristóteles (384-322 a.C.), por exemplo, utiliza-se do termo política para um assunto único: a ciência da felicidade humana. Para ele, essa felicidade poderia ser assegurada por formas de governo e instituições sociais. Segundo seus pensamentos, se tais governos tivessem como objetivo o bem comum, poderíamos dizer que são constituições puras, mas se, por outro lado, os poderes fossem exercidos para satisfazer o interesse de apenas um grupo, esta constituição estaria desvirtuada. É muito interessante ver que esta definição ainda é bem atual e representa bem a arte de fazer política, algo muito bem representada pelo saudoso Alencar.

Se as novas gerações quiserem de fato mudar o futuro de nosso país, precisam, além de conhecer a história de sua própria nação, entenderem que a política é algo imprescindível para a construção de uma sociedade livre, democrática e justa. E que venham mais Alencares!

*Gilmaci Santos é deputado estadual pelo PRB e presidente estadual do partido.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

1º Encontro Estadual do PRB Mulher de São Paulo

SÃO PAULO (SP) - A mulher conquistou espaço e tem ampliado sua participação nas decisões políticas e profissionais ao longo dos últimos anos em todos os continentes. No Brasil, um ponto de referência desse pensamento, dizem os especialistas, deu-se com a eleição de Dilma Rousseff para presidente da República.

Recentemente, apontada pela revista de economia “Forbes”, como a terceira mulher mais poderosa do planeta, Dilma agora precisa fazer a lição de casa: influenciar mulheres brasileiras a participar da vida político-partidária com o mesmo vigor que tem se posicionado diante do mundo.

Diante dessa perspectiva, o Partido Republicano Brasileiro saiu na frente e está fortalecendo sua militância feminina, uma das que mais crescem no Brasil. O 1º Encontro do PRB Mulher no Estado de São Paulo, realizado no último sábado, dia 8, na capital paulista, reuniu centenas de republicanas para discutir a atuação nas eleições municipais de 2012, empossar presidentes municipais do PRB Mulher e ministrar de um curso de capacitação política.

Estiveram presentes o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira; o pré-candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo, ex-deputado federal Celso Russomanno; o presidente regional do PRB em São Paulo, deputado Gilmaci Santos; a presidente nacional do PRB Mulher, deputada estadual Rosângela Gomes (RJ); as presidentes do PRB Mulher de São Paulo e Minas Gerais, Mhel Lancerotti e Inajar Bessa; o presidente do PRB paulistano, vereador Atílio Francisco; a secretária nacional do PRB Mulher, Telma Franco; o presidente da Fundação Republicana Brasileira, Mauro Silva; e o coordenador acadêmico nacional da entidade, Marcelos Martins, que ministrou o curso.

O deputado estadual Sebastião Santos não pôde participar do encontro, porém enviou dezenas de mulheres representando sua região de atuação. “Há, ainda, muita timidez entre as mulheres no momento de se filiarem a um partido político e disputar uma eleição”, disse Rosângela Gomes. Ela afirmou que a liderança nacional do partido tem incentivado e trabalhado para fortalecer a militância de norte a sul do Brasil. “Em nossa primeira reunião, aqui em São Paulo, há três meses, éramos apenas 20 mulheres. Hoje lotamos o auditório. Isso mostra que o PRB tem feito a diferença”.

O vereador Atílio Francisco considera fundamental o desejo da mulher de se inserir na política partidária, porém afirma ser importante que elas jamais se esqueçam da família. “A família é a base para conquistar todas as coisas”.

Para o deputado Gilmaci, só o fato de muitas militantes terem viajado mais de 600 km para participar do encontro já demonstra determinação. “Isso me faz ter certeza de que todas são realmente 10!”, disse.

A cota de 30% de mulheres para a disputa eleitoral não tem sido obstáculo para o PRB por todo o Brasil. O presidente Marcos Pereira disse que baixou uma resolução partidária estipulando que a metade dos candidatos da sigla seja de mulheres. “Quando possível, o partido lançará 50% de mulheres ou mais”. Ele também incentivou a participação de todas as presentes no processo eleitoral do ano que vem, e garantiu apoio. “Temos realizado cursos de capacitação política pelo país todo. Enquanto eu estiver como presidente, darei apoio incondicional às mulheres”, disse.

O pré-candidato a prefeito de São Paulo, Celso Russomanno, respondeu várias perguntas das participantes e disse que “as mulheres têm mais sensibilidade que os homens no enfrentamento de problemas”. Ele também garantiu que vai defender a classe feminina em caso de vitória. “Agora sou 10 como vocês”.

A grande anfitriã do encontro, Mhel Lancerotti, demonstrou muito entrosamento com todas as presidentes municipais do PRB Mulher e pré-candidatas ao legislativo de várias cidades do Estado. A presidente do PRB Mulher de São Paulo tem percorrido os municípios paulistas para levar a bandeira republicana e fazer do PRB um partido forte.

Curso de capacitação política

O coordenador acadêmico nacional da Fundação Republicana Brasileira, Marcelo Martins, ministrou o curso de capacitação política às mulheres republicanas. Temas fundamentais para a atuação na vida pública foram abordados com clareza e descontração a fim de que todas pudessem compreender.

Esse curso tem sido ministrado em vários estados, além de semanalmente haver encontros presenciais em Brasília. “Os resultados são efetivos e o processo de transformação é visível”, disse Martins quando perguntado se os cursos influenciam diretamente na formação política das pessoas. “Essa é a reunião de mentes que brilham transformando as ideias numa só voz”, declarou.

Sobre a importância da atuação política no cenário social, Martins sintetiza numa única frase: “Ser Republicano é deixar de conjugar os verbos na primeira pessoa do singular para conjugá-los na primeira do plural.”

Fundação Republicana Brasileira

Entidade ligada ao PRB, a Fundação Republicana Brasileira tem por missão o desenvolvimento humano através da cultura, educação, estudos, pesquisas, assessoramento e cursos. Sua pauta é disseminar os valores republicanos e democráticos na sociedade brasileira pautados no zelo com os recursos, bens e serviços públicos, bem como nos princípios éticos.

Em janeiro deste ano, foi destaque no jornal “O Estado de São Paulo” como uma das poucas fundações partidárias que têm suas diretrizes bem definidas e publicadas no site do partido, além de manter sede própria em Brasília e dispor de cursos semanalmente. A reportagem afirma que muitas “entidades” recebem recursos de fundo partidário, porém nem local específico elas têm.

Por Diego Polachini

Trabalhando com você

“Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política, simplesmente serão governados por aqueles que gostam.”
(Platão, filósofo grego)

Na última sexta-feira (07) foi o dia em que se encerrou o prazo legal para filiações partidárias e transferências de domicílio eleitoral para aqueles que desejam concorrer às eleições municipais do ano que vem.

Nas últimas mensagens que escrevi para esta seção do nosso portal, dirigi-me aos militantes, filiados e simpatizantes, sempre lembrando do prazo acima e conclamando os mesmos a se filiarem e a incentivarem outras lideranças a se filiarem.

Agora que o prazo já expirou, vem a pergunta para todos nós do PRB: o que fazer a partir de agora?

Temos que continuar trabalhando e trabalhando todos juntos, como diz a letra do hino oficial do PRB, o partido que é 10: “Trabalhando com você”.

Trabalhando com você para divulgar o nome e o número do partido em qualquer parte que seja possível e permitido pela lei, especialmente a lei eleitoral.

Estamos a pouco menos de um ano para a realização das eleições municipais e temos um grande desafio pela frente que é, no mínimo, dobrar a nossa bancada de vereadores, prefeitos e vice-prefeitos. Sabemos que não será fácil, mas com o esforço, dedicação e entusiasmo de todos, certamente chegaremos lá.

Caro amigo, espero poder contar com seu apoio, com sua ajuda e com seu trabalho, para juntos fazermos belíssimas campanhas no ano vindouro e elegermos os nossos representantes do PRB, o único partido que é 10.

Como citado acima, na frase de Platão, mesmo não gostando de política, você será governado pelos que gostam, entretanto, se você gosta, poderá ser um dos que governarão ou ajudarão a governar.

PRB é 10. Trabalhando com você.


Excelente semana a todos os republicanos brasileiros.

Marcos Pereira

Presidente Nacional

Twitter:@marcospereirar7
Facebook: http://www.facebook.com/marcospereirar7
Blog: http://noticias.r7.com/blogs/marcos-pereira

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

I Encontro Estadual do PRB Mulher

No sábado, 8 de outubro, ocorrerá o I Encontro Estadual do PRB Mulher, em São Paulo. O evento será realizado pela Estadual do PRB Mulher em parceria com a Fundação Republicana Brasileira.

Na ocasião também será ministrado o Curso de Formação Política. O encontro acontecerá em 8 de outubro, às 08h30, no Novotel Jaraguá, em São Paulo. A ideia é fortalecer a militância PRB Mulher nos municípios.

Mais informações: 11 2533-8141 / 8142

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Homenagem a José Alencar

Neste ano, um grupo de parlamentares paulistas apresentou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 235/2001. A propositura de autoria conjunta, assinada também pelo deputado Gilmaci Santos, líder do PRB, dá a denominação de "José Alencar Gomes da Silva" ao Trecho Sul do Complexo Viário Jacu-Pêssego compreendido entre as avenidas Ragueb Chohfi e Papa João XXIII, que interligam os municípios de São Paulo e Mauá.

Em setembro, após ser aprovado pela Casa e pelo governador, o PL foi transformado em norma, publicada na forma da Lei 14.532, de 2 de setembro de 2011 (DOE p.1/3). O objetivo foi homenagear José Alencar, que morreu em março deste ano, após lutar anos contra um câncer.

Para Gilmaci Santos, é importante prestar esta homenagem a um homem ilibado. "Zé é um exemplo aos que lutam contra essa doença, mas também de político, empreendedor e companheiro", disse. José Alencar era também presidente de honra do PRB. "Ele sempre será um referencial para nós", completou o deputado.

O saudoso vice-presidente da República José Alencar Gomes da Silva nasceu em 17 de outubro de 1931, em Muriaé (MG). Antes de ser tornar um dos fundadores da Coteminas, Alencar foi viajante comercial, atacadista de cereais e dono de fábrica de macarrão.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Novas filiações em Araraquara

O PRB de Araraquara, presidido na cidade pelo subprefeito de Bueno de Andrade, o advogado Marcelo Lopes, agora conta também com o vereador Raimundo Bezerra. A partir de hoje o partido possui dois parlamentares na Casa, o vereador Raimundo e João Farias, atual líder do governo na Câmara.

O evento foi realizado na sede da Associação dos Servidores Públicos de Araraquara (ASPA), com a presença do prefeito municipal Marcelo Barbieri (PMDB) e do presidente estadual do PRB, deputado estadual Gilmaci Santos, e do deputado Sebastião Santos.

Também foi confirmada a filiação do empresário Renato Haddad, presidente da Associação Comercial e Industrial de Araraquara (ACIA), o atual coordenador do Patrimônio Histórico do município, o ex-vereador Domingos Carneseca Neto.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Educação e drogas: mistura que não combina

Gilmaci Santos*

Neste mês, o principal campus da Pontifícia Universidade Católica (PUC), no bairro de Perdizes, em São Paulo, foi notícia nos maiores meios de comunicação do Brasil. O reitor da instituição, doutor Dirceu de Mello, adotou uma atitude extrema: ciente de que os alunos haviam marcado uma festa de apologia ao uso da maconha, batizada de "1º Festival da Cultura Canábica", fechou o campus, suspendendo as aulas.

Não posso dizer que as drogas chegam a ser um tabu, creio que o assunto vem sendo tão difundido que a maioria já está bem familiarizada com a questão, mas qualquer evento de apologia às drogas costuma dividir opiniões. No caso da PUC, alunos e docentes ficaram divididos com a postura do reitor. Mas sendo bem realista, quem gostaria que uma festa que incentiva o uso de uma droga ilícita e que provavelmente terá bebida de maneira livre aconteça ao lado de sua casa?

O uso de drogas em ambiente universitário não é nenhuma novidade, em 2003, Içami Tiba foi processado pela PUC por causa do assunto. O médico-psiquiatra, escritor com 14 livros publicados sobre adolescência, sexualidade e educação, ao responder à pergunta de um repórter sobre o que levaria uma jovem rica, bonita, que estudava na PUC, a matar os pais " em referência ao caso Suzane Richthofen-, disse: "a PUC tem uma ideologia de favorecer o uso da maconha. Os alunos que vão lá já sabem disso, não é?".

Creio que a recente decisão da universidade deve ter surpreendido o especialista, mas demonstra também que muitos não aguentam mais esse tipo de evento "dentro de casa". Nas universidades é muito comum o uso das drogas ou sua defesa. A decisão do reitor não mostra nenhum conservadorismo como disseram alguns alunos, na verdade, é a postura de alguém que prefere proibir a ter maiores problemas.

O reitor explicou que a decisão foi tomada por causa das incontáveis reclamações de vizinhos da universidade, professores, funcionários, alunos e pais de alunos. Em documento oficial, ele disse que considerou a necessidade de atender as disposições legais do Estado de São Paulo, que na Lei 13.545, de 2009, proíbe a compra, venda, fornecimento e consumo de bebidas alcoólicas em qualquer um dos estabelecimentos de ensino mantidos pela administração estadual e também do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, definido pela Lei federal 11.343, de 2006, que prescreve, entre outras coisas, medidas para a prevenção do uso indevido de drogas, estabelecendo, inclusive, repressão à produção não autorizada e ao tráfico ilícito de drogas.

Na programação do festival, havia cinco bandas defensoras da causa, DJs, um desfile para eleger a "Miss 4:20" (4:20 é uma espécie de horário mundial para acender um "baseado"), além de um concurso para premiar o melhor "lariqueiro" " no vocabulário dos usuários é uma espécie de chef que prepara pratos para saciar a fome resultante do consumo de maconha. Organizado e divulgado por meio da internet, o evento impediria qualquer aula naquele dia. Após a proibição, alguns estudantes improvisaram uma manifestação em frente à universidade, mas o protesto acabou se tornando uma festa com direito a reggae e cerveja.

Respeito e parabenizo a decisão do senhor reitor, creio que poucos teriam a coragem de ir contra os defensores desse tipo de evento. Mello não agradou a todos, mas creio que muitos pais, alunos e vizinhos louvaram seu ato. Hoje, no Brasil, a maconha é vista e defendida por intelectuais e artistas como uma droga fraca e que deveria ser liberada. Mas, na verdade, a maconha não é uma droga como qualquer que causa a dependência e pode, sim, ser a porta de entrada para outras mais fortes.
*Gilmaci Santos é deputado estadual pelo PRB e presidente estadual do partido.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Jean Madeira reúne 30 mil em evento beneficente

O presidente estadual do PRB Jovem, Jean Madeira, foi um dos idealizadores de uma partida de futebol beneficente e de conscientização contra as drogas. O evento “Driblando o crack” que aconteceu em 24 de setembro, no estádio do Pacaembu, Zona 0este da capital paulista, contou com a participação de artistas da Rede Record, autoridades políticas e integrantes da Força Jovem Brasil.

De um lado estava o time “Amigos do apresentador Britto Jr.”, formado por famosos como Edu Guedes, Celso Zucatelli, Mionzinho, Marquito, Dinei, Felipe Solari, Netinho e o próprio apresentador. Do outro, o time do Força Jovem, formado por bispos e pastores da IURD, que venceu a partida por 7 a 3.

Trinta mil pessoas lotaram o estádio. Para entrar, cada participante doou 3 quilos de alimentos não perecíveis. Foram arrecadadas 90 toneladas de donativos, que serão entregues a comunidades carentes e a mais de 30 orfanatos, asilos, casas de recuperação de dependentes químicos e abrigos de portadores do HIV.

Muitos jovens que estiveram presentes no evento são ex-dependentes químicos, outrora escravizados pelo crack, viviam marginalizados e sem nenhuma perspectiva de vida. Mas, hoje se encontram completamente recuperados e inseridos novamente na sociedade.

Assessoria Jean Madeira

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Lei sancionada em Ribeirão Preto

Foi sancionada a Lei Municipal nº 12649/11, de autoria do vereador Saulo Rodrigues (PRB Ribeirão Preto), que dispõe sobre a permanência de ambulâncias em locais de realização de provas para vestibular, seleção, concursos e outros eventos similares realizados em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

A lei determina que seja de responsabilidade da entidade organizadora do evento, além da ambulância, a disponibilização de equipe de médicos e equipamentos necessários para oferecer as mínimas condições de atendimento médico no próprio local.

Também está previsto na lei, a aplicação de multa caso haja o descumprimento da mesma. Para o parlamentar é fundamental que exista atendimento imediato. “A Lei visa garantir um atendimento eficaz as pessoas que estão no local, isso pode ocorrer até mesmo por conta do nervosismo causado pela prova”, explicou o vereador.

Assessoria do vereador Saulo Rodrigues (PRB Ribeirão Preto)

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Últimos dias

Caros amigos,

Já estamos vivenciando os últimos dias do prazo de filiação partidária para aqueles que desejam disputar as eleições de 2012.

O prazo final expira no final da próxima semana (mais precisamente no dia 07 de outubro). Portanto, se você está lendo esta mensagem e ainda não é filiado, ainda há tempo. Não deixe para a última hora.

Planeje, se organize e vá à luta.

Concorrer a eleições não é uma tarefa para aventureiros, mas para pessoas que têm o espírito público e estejam dispostas a trabalhar pelos menos favorecidos de nossa sociedade tão desigual. Este é o espírito do Partido Republicano Brasileiro, o partido que é 10.

Tenho dito em minhas viagens pelo Brasil, quando participo dos encontros do nosso partido, que o PRB apoia e sempre apoiará o que for bom para o povo brasileiro, entretanto, sempre reprovará qualquer ação que seja contra este povo. É esta a essência da democracia.

Para finalizar, deixo uma frase para sua reflexão:

“Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política; simplesmente serão governados por aqueles que gostam.” Platão, filósofo grego.

Marcos Pereira,
Presidente nacional

Twitter: @marcospereirar7
Facebook: http://www.facebook.com/marcospereirar7
Blog: http://noticias.r7.com/blogs/marcos-pereira

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Celso Russomanno lança pré-candidatura a prefeito de São Paulo


Nesta segunda-feira (26/9), o ex-deputado federal Celso Russomanno se filiou ao Partido Republicano Brasileiro (PRB) e lançou oficialmente sua pré-candidatura a prefeito da capital paulista. O evento que ocorreu no Hotel Sofitel São Paulo Ibirapuera contou também com a presença de políticos e militâncias de todo o Brasil.

Russomanno irá representar a legenda nas eleições de 2012 a convite do presidente nacional do PRB, Marcos Pereira. O presidente estadual do partido, deputado Gilmaci Santos, se mostrou exultante com o ingresso do jornalista ao PRB. “A vinda do Celso vem engradecer não só o partido em São Paulo, mas em todo o Brasil”, disse.

O presidente nacional da legenda, Marcos Pereira, comentou sobre a atual situação política nacional que, em sua opinião, está em declínio. “O PRB nasceu para fazer a diferença nesse cenário, este é um partido que foi criado da união de pessoas que não estavam satisfeitas com a forma de fazer a política”, destacou. Pereira também explicou que a conversa com Celso começou três meses atrás no aeroporto de Brasília.

Russomanno disse que sempre defendeu a fidelidade partidária, mas que tomou a decisão de deixar o partido anterior para crescer politicamente. “Depois de quatro mandatos como deputado federal, está na hora de ir para o executivo”, comentou.

Também esteve presente, o presidente do PTC, Ciro Moura; os deputados federais por São Paulo Antônio Bulhões e Otoniel Lima; o deputado estadual Sebastião Santos (SP); o líder do PRB na Câmara dos Deputados, deputado Vitor Paulo (RJ); o deputado federal Márcio Marinho (BA); o presidente nacional do PRB Jovem, deputado distrital Evandro Garla (DF); vereador Atílio Francisco, presidente do PRB na capital; o ex-deputado federal e primeiro suplente do senador Marcelo Crivella, Eduardo Lopes; o vereador de Curitiba, Valdemir Soares (PR); e a cantora Sula Miranda.

Para o vereador da capital paulista, Atílio Francisco, o PRB deu um passo importante. “Demos um passo largo para o crescimento e fortalecimento do partido; hoje é um momento histórico para o PRB”, disse.

Celso disse ainda que pretende fazer o partido crescer ao seu lado e já adiantou as questões que irá defender. “Os serviços, inclusive públicos, devem ter qualidade; não é possível que precisemos pagar tudo por duas vezes, como fazemos com a educação e saúde”, destacou. Russomano afirmou também que no partido existe espaço para todos. “Aqui se faz política com ética, decência e honestidade”.

O pré-candidato destacou a importância da família e de como o PRB se diferencia, já que as esposas sempre estão presentes nos encontros partidários. “Com a família nós construímos um bom partido”, lembrou. Ao final da cerimônia, Russomanno respondeu as perguntas da imprensa.


Perfil:


Celso Ubirajara Russomanno nasceu em 20 de agosto de 1956, em São Paulo, é jornalista e bacharel em direito, foi deputado federal por quatro mandatos, eleito em 2006 com 573.524 votos. Também foi membro efetivo da Comissão de Defesa do Consumidor na Câmara dos Deputados e membro do Parlamento Latino Americano (Parlatino), tendo em 1996, presidido e aprovado, em Guayaquil (Equador), o Código Latino Americano de Defesa do Consumidor e do Usuário - a primeira lei aprovada no Parlamento Latino Americano.

Russomanno presidiu o Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) e é membro do Conselho Fundador da Escola de Medicina Anhembi Morumbi, desde 2007. Responsável por diversas colunas sobre Defesa do Consumidor em vários jornais e revistas do país, em 1995, a convite do então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, organizou o Sistema Nacional de Política e Defesa do Consumidor.

O jornalista já participou de diversas missões oficiais, dentre elas, foi membro da mesa diretora da Comissão Parlamentar, Conjunta do MERCOSUL (Buenos Aires, Argentina – 2002), e representante do Brasil na reunião do Parlamento Cultural do MERCOSUL – PARCUM (Assunção, Paraguai – 2002).

Celso Russomanno tem também livros publicados, como o Guia Russomanno do Consumidor. Já ministrou diversos cursos e palestras por todo o Brasil, além de seminários, conferências e congressos sobre o direito do consumidor. Também recebeu dezenas de troféus e medalhas, sendo um destes o Troféu Honra ao Mérito da Qualidade (Vip´s Mecosul).

Em 2010, Russomanno concorreu ao cargo de governador no Estado de São Paulo, ficando em 3º lugar com 1.233.897 votos. Segundo uma recente sondagem do Data Folha sobre intenções de voto, na disputa pela Prefeitura de São Paulo, Russomanno é o terceiro colocado, com uma pontuação entre 15% e 21%.